27/11/2009

Gwendolyn Thompson

Postagem autorizada por Gwendolyn Thompson

Gwendolyn começou sua incursão musical aos cinco anos de idade, cantando “Agora é cinzas” e surpreendeu a todos pois cantava com uma afinação e ritmo impressionantes para uma criança daquela idade. Herança genética...? Educação...? O certo é que Gwendolyn Thompson convive desde cedo com a arte de combinar os sons. Seus avós paternos eram músicos, e seu pai percebendo os dotes de sua filha, matriculou-a numa escola de música, onde após algumas tentativas com alguns instrumentos, resolveu fixar-se no canto, já na adolescência. Aos 18 anos, quando casou, abandonou os estudos musicais, e só voltou aos 34 anos, por volta de 1986, com o Grupo Cataluzes, fez uma participação na campanha política, como backing vocal, e depois, em 1988, de uma forma bem despretensiosa, cantando em bares, dando “canjas”, juntamente com amigos que em 1991, integraram o Grupo Memórias, que fez bastante sucesso com um repertório anos 60. Era então bancária por 17 anos, e não viu alternativa senão a de exercer paralelamente a atividade musical. Por alguns meses, neste período deixou o grupo Memórias para integrar o Grupo Aquárius, hoje Água Viva. Em 1994 foi selecionada para o Projeto BANCO DE TALENTOS, da FEBRABAN, que reunia artistas bancários. A seleção dos músicos foi feita pelos maestros  Klaus Petersen, Julio Medalha e Nelson Ayres que dirigiu a apresentação no Memorial da América Latina, e a gravação do CD do Projeto, com a música “Love of my life”, lançado no ano seguinte, também no mesmo Memorial. Em 1996, vendo-se e reconhecendo-se mais como intérprete do que bancária, aderiu ao programa de demissão voluntária para dedicar-se exclusivamente a musica, sua real vocação. Nesse mesmo ano apresentou-se no Bar Canoas do HOTEL MERIDIEN, em Salvador, com o show “Novo Tempo”. Em 1997 participou do projeto seis e meia, abrindo o show do cantor Flávio Venturini no Teatro Atheneu e iniciou a gravação do seu CD “LEOA”, pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura, e o concluiu em 2003, voltando então para Aracaju para seu lançamento, depois de cinco anos de ausência, pois exerceu sua atividade musical em Salvador e Maceió no período compreendido entre 1999 e 2003. Voltou então para Aracaju, para o lançamento do seu CD, que ocorreu em julho de 2004, pois devia isto ao seu público, e ficar aqui por mais algum tempo, até... Quem sabe? Neste período até agora já fez parte do Projeto do Governo no Natal da Orla, em 26/12 de 2004, São Cristóvão Cidade da Seresta em 21.01.2005, fazendo o show principal e diversas apresentações em espaços diversos e eventos. Fez show de abertura da apresentação de Belchior, no Teatro Tobias Barreto, em 23 e 24 de agosto de 2005, pelo Projeto MPB Petrobrás, com bastante sucesso.
Em outubro de 2006 fez uma participação especial no DVD do Grupo “Água Viva”, e em decorrência do sucesso de sua apresentação, e à pedido do público do referido Grupo, voltou a integrá-lo e tem se apresentado com este grupo em todos os shows, desde então, fazendo muito sucesso.
Mediante convite da Secretaria de Cultura do Estado de Sergipe fez uma brilhante apresentação no Concerto de Final de Ano juntamente com a Orquestra Sinfônica de Sergipe, no Teatro Tobias Barreto, no dia 29 de novembro do ano passado. Apresenta-se na noite fazendo shows em Restaurantes, Teatros e Casas de Shows, tendo público muito fiel ao seu trabalho. A mistura genética da qual é fruto,  só fez dar mais sabor à nossa intérprete que, presenteia o publico o público com músicas de variados idiomas e estilos, já que a música, como toda expressão de arte, não tem fronteiras. Embora tenha nascido em Salvador-BA, sente-se sergipana, pois passou a maior parte de sua vida em Aracaju.
Em agosto de 2008 decidiu partir para os Estados Unidos, já que tem a cidadania americana, por ser filha de pai americano, para tentar expandir os horizontes na sua carreira.  Atualmente vive em Sarasota, Florida/USA, onde tem se apresentado em Restaurantes, recomeçando todo um trabalho para se tornar conhecida musicalmente.
Para GWENDOLYN THOMPSON, “música é a mais pura ressonância para o perfeito entendimento da vida”, e vive hoje com intensidade esta ressonância, por uma escolha do seu coração.







































e-mail: gwenmay.gwendolyn@gmail.com
www.acantora.blogspot.com 
www.myspace.com/gwenmay

Um comentário:

Gwendolyn Thompson disse...

Oi, meu caríssimo Mancuso.

Fico muito honrada e feliz em estar aqui neste seu blog.
Seu trabalho realmente é muito cuidadoso, demonstrando com isto, o respeito e o carinho com que trata a nós músicos, sacerdotes do amor à arte.
Muito obrigada por estar aqui, e estamos juntos nesta blogosfera, assim como na vida.

Beijos

Gwen